cenas #03 – elementos da cena-sequência

A cena-sequência, como eu disse no nosso post de introdução, é uma cena bem mais calma do que a cena-ação, principalmente porque a cena-sequência sempre acontece depois de uma cena-ação e é basicamente em reação à cena-ação. Isso pode ser visto até mesmo nos elementos da cena-sequência: reação, dilema e decisão.

Uma coisa sobre as cenas-sequência é que elas podem variar muito em tamanho. Algumas são apenas linhas, alguns parágrafos, outras demoram até mesmo capítulos para serem completadas. Depende muito da história, do escritor e dos personagens.

A REAÇÃO

A reação é um elemento muito importante da cena-sequência (e da sua história no geral) que às vezes é ignorado pelo escritor. É essencial para o leitor saber dos sentimentos e emoções do seu personagem para que ele ou se importe ou entenda seu personagem. E essa reação da cena-sequência é uma reação ao que aconteceu na cena-ação – mais especificamente, ao desastre da cena-ação.

Reações também são muito importantes para revelar facetas da personalidade do seu personagem. Como ele reage as coisas mostra muito o tipo de pessoa que ele é, e é por isso que essa parte da cena-sequência é tão importante. É onde fica mais fácil humanizar seus personagens.

Usando novamente o exemplo da cena da Valentina da matéria anterior, temos ela depois que o Conselho lhe deu seu ultimato (meio que implícito e disfarçado). Sua reação é ter raiva, medo e frustração. Raiva porque ela está indignada; afinal de contas, ela foi treinado e escolhida para ser princesa. Ela já ganhou o trono; quem o Conselho pensa que é para tentar tirar isso ela? E ainda forçá-la a se casar? Medo porque, bem, ela tem medo de que o Conselho acabe vencendo e ela acabe perdendo algo que ela pensou que ia ter a vida toda e lutou por a vida toda. E, no fim, frustração, que é basicamente uma mistura dos dois + o fato de que ela mal acredita que isso tudo está acontecendo.

Essas emoções e sentimentos dizem muito sobre ela, e facilitam muito a identificação leitor-personagem.

O DILEMA

O dilema vem quando seu personagem passa pelo estágio da reação. Agora ele tem um pepino muito maior para dar conta, criado pelo desastre da cena-ação anterior. É aqui que ele pergunta, “e agora?”

Em algumas ocasiões o dilema vai estar bem óbvio, em outras não. Não é preciso sempre sair soletrando esse dilema pro leitor – é provável que ele tenha percebido pelo final da cena-ação qual seja o problema/dilema do seu personagem. Mas, se você estiver com dúvidas, tenha seus personagens conversarem ou seu protagonista pensar o mesmo nele. Isso pode até mesmo te ajudar a enxergar a cena melhor.

No caso da Valentina, o dilema está bem claro: ela deve se casar ou deve se manter firme e dizer um não bem lindo para o conselho? Será que não há outra saída?

A DECISÃO

Como o próprio nome diz, a decisão é a solução – ou tentativa de solução – que seu personagem tenta arranjar para o dilema. É, assim sendo, o momento em que seu personagem para para planejar o próximo passo. Não precisa sair dizendo com todas as letras qual próximo passo será esse, mas os próprios pensamentos ou conversas entre seus personagens podem deixar isso claro para o seu leitor (como no dilema). É da decisão que o objetivo da próxima cena vai vir e é por isso que ela é tão importante.

Perceba que as cenas-sequências são mesmo mais quietas do que as cenas-ação e como elas são basicamente sobre sentimentos, reflexões e, provavelmente, conversas, é muito fácil enfiar desenvolvimento de personagem e relacionamentos aqui.

Bem, é isso. Na próxima (e última) matéria falarei de algumas variações nessa estrutura. Espero ter ajudado e qualquer coisa é só me mandar deixar um comentário!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s